Certamente você já escutou sobre o Setembro Amarelo, mês de campanha de prevenção ao suicídio.

O suicídio é uma prática normalmente motivada pela depressão. Mesmo sendo um problema crescente ano após ano, ainda há muitas barreiras para falar sobre ele.

Buscando alertar nossos clientes sobre a causa que gera fatalidades a cada 40 segundos no mundo, abaixo listamos algumas dicas para ajudar quem demonstra comportamentos suicidas.

  • Ouvir, demonstrar empatia e ficar calmo;
  • Ser afetuoso e dar o apoio necessário, procurando entender os sentimentos da pessoa, sem diminuir a importância deles;
  • Levar a situação a sério e verificar o grau de risco, aceitando a queixa e tendo respeito por seu sofrimento;
  • Explorar outras saídas para além do suicídio, identificando outras formas de apoio emocional;
  • Conversar com a família e os amigos imediatamente;
  • Permanecer ao lado da pessoa com o transtorno;
  • Não dê falsas garantias ou prometa segredo.

Não existe uma receita para detectar seguramente quando uma pessoa está vivenciando uma crise suicida, nem algum tipo de tendência, no entanto, alguns sinais podem ser identificados, sobretudo se muitos desses sinais se manifestarem em conjunto.

 

Quando alguém pensa em suicídio, ela quer matar a dor e não a vida. Se você ou alguém que você conhece possui pensamentos suicidas, peça ajuda.

Centro de Valorização da Vida

DISQUE: 188

Participe conosco, divulgue a campanha entre os seus amigos e nos ajude a salvar vidas!

After you have typed in some text, hit ENTER to start searching...

Área do Cliente